domingo, 15 de março de 2009

Da Prudência com os Homens

(...)
" Ao homem se aferra minha vontade, ao homem me prendo com corrente porque para o alto em direção ao super-homem me sinto atraído. Porque para lá pende minha outra vontade.
E se vivo cego entre os homens, como se não os conhecesse, é para que minha mão não perca inteiramente sua fé num ponto firme.
Não vos conheço, ó homens. Essa obscuridade e essa consolação muitas vezes me envolvem por inteiro.
Fico sentado diante do portão, à disposição de todos os pérfidos e pergunto: Quem quer me enganar?
Essa é minha primeira prudência para com os homens. Eu me deixo enganar para que não precise desconfiar dos enganadores.
Ai! Se eu desconfiasse do homem, como poderia o homem me ervir de âncora para reter meu balão? Com muita facilidade meu balão me arrastaria para o alto e para bem longe.
A providência que preside meu destino é que devo ser necessariamente sem prudência.
E aquele que não quiser morrer de sede entre os homens deve aprender a beber em todos os vasos (lembrei da Lorena) e aquele que quiser permanecer limpo entre os homens deve aprender a lavar-se em água suja (uma hora eu aprendo, Ryzzan).
Eis o que a mim mesmo tinha dito muitas vezes para meu consolo: 'Coragem, coragem, velho coração! Um infortúnio te feriu. Tira dele proveito como de uma ventura!'"
(...)

Assim falava Zaratustra.

4 comentários:

lore disse...

Agora vamos ter os girassóis do fim do ano
e o calor vem desumano
tudo irá se expandir, crescer com as águas
quiçá amores nos corações

e um santeiro
milagreiro
prevê a dor
de terceiros
e diz que a vida é feita de ilusão
...

to ouvindo essa música agora. cafona pra caralho, mas é bom de vez em quando. djavan e cássia eller.

...só se for porque eu morro de sede antes de aprender a ter uma disposição mais razoável com os vasos imperfeitos, isto é, reais.

to com expectativas meio histéricas pro radiohead. preocupante.

depois te conto tudo. bjo.

lore disse...

putz, é o mal de gente deprimida: a gente só fala da gente. me refiro a mim agora. é. sei lá, não repara, o comentário acima, esse, todos os outros.

Ryzzan disse...

É engraçado questionar os homens usando palavras. Por isso que o carinha aí surtou. Não conseguia acompanhar Wagner musicalmente, nem ficar em silêncio. Muita frutração prum peito só.

Te amo.

Vou ver Radiohead este fim de semana também, gostaria muito de te ver por lá, muito mais que o próprio show.

Diferente da Lorena, nem tô tão na liga. Passou-se minha fase de encanto por "gigs".... mas quem sabe eu não fico surpreso em função disso. conto na volta também.

Ryzzan disse...

Suuuuuuuuuunnn
Take some time, get away
Suuuuuuuuuunnn
Suicide is a shame
Suuuuuuuuuunnn
Soon you'll find your own way
Suuuuuuuuuunnn
Hope has come, you are safe
And it makes me cry
Because I'm on my way
On my way
On my way
Hey, it's the sun and it makes me shine
Hey, it's the sun and it makes me shine
Hey, it's the sun and it makes me shine
Hey now it's the sun and it makes me shine
Suuuuuuuuuunnn
Soon you'll be okay
Suuuuuuuuuunnn
Soon you'll be okay
And it makes me smile
Because I'm on my way
Hey, it's the sun and it makes me shine
Hey, it's the sun and it makes me shine
Hey now it's the sun and it makes me smile
All around
Hey now it's the sun and it makes me smile
All around, all around!
Ba dada ba da (X 8)
(Ba dada ba da switches to background)
Hey now it's the sun and it makes me smile
All around
Hey now it's the sun and it makes me smile
All around, all around!
Ba dada ba da