quinta-feira, 20 de novembro de 2008

A grande questão

"Girls just wanna have fun"
Cyndi Lauper

Podem as mulheres amar um homem tanto quanto a um filho, sexo ou/e poder(me pergunto qual será o mais importante para elas)? Pode uma mulher amar um homem como um homem pode amar uma mulher? Para minha tristeza, creio que não. Uma hora eu aceito isso e tomo jeito.

7 comentários:

lorena disse...

Não vou comentar esse post... ridículo!
.......................

Eu SONHEI com a resposta: o bote não é o corpo, o bote é a memória. A consciência é carregada pela memória pelas águas do inconsciente. E viva os sonhos!

Owner disse...

:P Tu estás mexendo com megalo-ninfonmaníacas? Porra! Nem me apresentas!

Sabe, eu tenho uma namorada que me ama, mas eu espero que ela cuide e se precoupe muito mais os filhos ( que ainda não tem) que comigo, senão vou achar meio triste e preocupante. Uma longa e profunda análise. E eu, por mais que a ame, também não a atendererei mais que a um filho, penso eu, que ainda também não os tenho.

Mas essa tua expectativa cria uma pressão fodida e contrária a todo o ideal de amor verdadeiro, não achas? Medida de amor? Isso não é pequenice? Espero mesmo que tu acabes com ela. A gente não ama acompanhado, a gente ama só, e só ama, lembra? Mas existem prioridade e responsabilidade. Nada a ver com amor. O amor tá além de toda a praticidade e os velhos caprichos infernais (literalmente infernal). Tu andas amando mesmo? :)

E não me venha me falar do "amor dos homens". Pois a mim esse caso soa a mais um de mulherzinha em busca do prícipe encantado, ou de algum viado enrustido, escritor do século retrasado.

Te amo.

Owner disse...

Caralho... monte de erro de sintaxe... uehueheuheueheu. Mas dá pra entender.

Owner disse...

Ah... e sim, dezembro.

E obrigado pelos livros que vais me passar depois. :)

Dany Neris disse...

São amores diferentes.
São amores fortes...
Mas dependendo da relação,
podem ser intensos e eternos.

= )

O problema é a desilusão

Anônimo disse...

intensos e eternos... xii...

lorena disse...

Tá, fui eu sacaneando aí em cima.

Fiz uma compilação dos meus poemas de desde o ano passado, posso te mandar por email?